As 4 Boys Band Portuguesas: o que é feito delas?

As Boys Band foram uma grande febre da música globalmente nos anos 80, 90 e 2000, e Portugal não ficou de fora. Algumas destas bandas ou seus membros são ativos na indústria musical. Se eras uma das raparigas (ou talvez rapaz) que delirava com estes grupos há uns anos atrás, vais ter curiosidade em saber o que aconteceu aos teus crush musicais de que tens nostalgia.

Vê o que é feito das 4 Boys band portuguesas mais populares dos anos 90 e 2000:

Excesso

Excesso a cantar “Eu Sou Aquele” no programa Big Show SIC com João Baião

Os Excesso foram uma Boys Band formada por Gonzo, Carlos, Melão, Duck e João Portugal. Foram Muito populares no final da década de 1990 por músicas como “Eu Sou Aquele”, “Não Sei Viver Sem Ti” ou “Não Quebres o Meu Coração”. Posteriormente ao fim do grupo, cada um dos elementos desenvolveu a sua carreira a solo.

Gonzo

Gonzo (Gonçalo Vasconcelos) após separar-se dos Excesso lançou em 2000 o seu disco a solo com o título do seu nome “Gonçalo” e em 2005 outro album de nome “Consequência”. Desde então o seu trabalho na música tem sido o de ser DJ, sendo conhecido por DJ Gonzo. Em 2016 teve o seu primeiro filho com Filipa Valente.

Melão

Melão a cantar “Coração de Melão” no programa de Baião: Roda dos Milhões

Fernando Melão, era bailarino de profissão, mas após a sua separação dos Excesso quis cantar, pelo que criou o single de sucesso “Coração de Melão” , tendo feito vários espetáculos a solo, incluindo também as músicas “Chiquita Reggae” e “Amor Vem”. Melão após ter passado por várias dificuldades financeiras decidiu investir num negócio de produção de gado bovino e leite no Brasil, mas acabou por não correr muito bem, tendo posteriormente regressado a Portugal há poucos anos. Faz agora espetáculos ocasionais na TV e festas populares.

Duck

Segundo o Observador, Duck chegou a gravar um disco a solo, mas parece que não conseguiu obter estabilidade artística suficiente para persistir com o seu trabalho, acabando por se tornar um vendedor de uma marca de refrigerantes.

João Portugal

João Portugal já era fotógrafo profissional antes de se juntar aos Excesso, e continuou a sê-lo após o fim da Boys Band, e é bem sucedido! Para além da fotografia, João Portugal persiste na carreira musical tendo produzido músicas para novelas e ainda 6 álbuns a solo. Podes seguir o João e o seu trabalho no Instagram dele.

Carlos

Carlos era o porta voz da Boys Band portuguesa, mas chegou a estar noutra Boys band menos popular na altura: os Hexa Plus. Mais tarde lançou um projeto a solo, mas parece que o seu último trabalho conhecido foi enquanto Guia turístico em Espanha.

D’arrasar

D’Arrasar cantam “Rainha da Noite” no programa “Roda dos Milhões”

D’arrasar foi uma Boys band fundada pelo cantor e produtor Filipe Neves. A banda contava ao todo com 5 membros: Carlos Coincas (CC), Kapinha, Joca, Jimmy e Ricardo. Os D’arrasar lançaram-se no programa de Baião “Roda dos Milhões” em 1998 e produziram ao todo 3 álbuns: D’arrasar (1999), Imagina (2000) e Só Entre Nós (2002). Foram conhecidos pelo lançamento do single “Rainha da Noite”.

Os D’arrasar surgiram pouco tempo após o sucesso dos Excesso, havendo fortes comparações na altura. A banda viveu muito intensamente o seu momento de auge, pelo que o seu fim deu-se pela decisão conjunta da banda de tirar férias. Depois disso não chegaram a reunir-se mais. Cada um dos membros teve os seus projetos pessoais.

Kapinha

Jorge Kapinha teve uma grande batalha para perder peso e o Tik Tok tornou-se depois o seu palco para as suas coreografias, onde obteve bastante sucesso.

Carlos Coincas

Carlos Coincas focou-se na carreira musical, sendo produtor e professor de Canto. Tem a sua própria escola. O seu trabalho está inclusive demonstrado no programa da TVI: “A tua Cara não me é Estranha” onde deu lições e acompanhamento aos concorrentes.

Regresso dos D’Arrasar

Ineditamente, os D’arrasar decidiram regressar em 2020 para uma única digressão pelo país fora, conjuntamente até com o Revenge of The 90’s. Contudo, a pandemia impediu que assim decorresse. Vamos esperar a Boys Band possa voltar aos palcos em breve.

Milénio

Videoclip Milénio – Meu Universo és Tu

A Boys Band Portuguesa Milénio foi criada em 1998, também na altura da febre com os Excesso e os D’arrasar eram um grupo mais novo que contava com os membros Tiago, Ricky, Gato, Ruca e Diogo. O grupo estava claramente mais focado numa audiência infantil/pré-adolescente.

Depois do sucesso com o tema “Meu Universo és Tu” após várias presenças nos palcos nacionais e no Big Show Sic ou Roda dos Milhões, os Milénio lançaram o segundo album “Tatuagens” que foi super bem sucedido. Na altura, os Excesso já estavam também em fim de carreira, por isso foi uma oportunidade para o grupo que se projetar com os seus singles “Mundo Escuro e” e “Estás Onde não Estás”.

Depois, a Boys Band portuguesa começou a ter cada vez menos membros, ficando reduzida a três nos espetáculos em que participava. Acabaram por mais tarde anunciar o fim da banda.

Ricky Jorge

Ricky Jorge entrou no programa de Big Brother Famosos em 2002, onde conheceu a sua esposa Daniela Faria, atriz brasileira. Atualmente têm uma empresa de produção de Audiovisuais de nome Heavy Productions.

Paulo Gato

Em 2007, o Gato lançou um álbum a solo chamado “Eu Gato”, sendo o único que tentou prosseguir com a sua carreira musical. Em 2016 lançou outro albúm “O Baú da Vida

D’Zrt

Os D’Zrt foram uma Boys Band fenómeno da geração da série Morangos Com Açúcar criada em 2004. Eram constituídos por 4 membros presentes na série: Paulo Vintém, Cifrão, Angélico Vieira e Edmundo Vieira. Lançaram 3 álbuns: D’ZRT (2005), Original (2006) e Project(2009). O seu single mais conhecido é “Para Mim Tanto Me Faz”, que por sua vez conseguiu liderar os tops nacionais por várias décadas. Ao todo conseguiram vender mais de 500 mil cópias dos seus álbuns. Os seus concertos no Coliseu e no MEO Arena são também frequentemente citados pelos fãs da Boys Band,

Em 2007, a Boys Band portuguesa anunciou o seu fim, tendo depois então regressado em 2009 para o terceiro album da banda “Project”. Infelizmente, os D’ZRT tiveram um fim trágico, uma vez que Angélico Vieira faleceu num acidente automóvel em 2011.

Paulo Vintém

Paulo Vintém antes de lançar a sua carreira enquanto ator e cantor nos Morangos Com Açúcar, já tinha uma forte participação no mundo da música e da dança, tendo sido algo que continuou a trabalhar após os D’ZRT. Em 2008 Paulo lançou “Vintém”, o seu álbum a solo e desde então tem participado em diversas novelas e programas de TV.

Cifrão (Vitor Fonseca)

Cifrão dedica-se atualmente ao que sempre fez: dançar! Vitor Fonseca é responsável por gerir a escola A “Cifrão Dance School” que está localizada em Algés. Também teve o projeto online: a “Online Dance School”, que como o nome indica, é uma escola portuguesa online de Dança.

Edmundo Vieira

No fim dos D’ZRT, Edmundo Vieira lançou o seu álbum a solo “Edmundo” em 2009 e mais tarde o Álbum “Mais de Mim”. Participou também em diversos programas de TV, tais como o Dança Comigo, o Big Brother VIP e A tua Cara não me é Estranha.

Já segues a Nostalgic Box no Telegram? Lá podes encontrar os últimos cupões e descontos em primeira mão recomendados para a Amazon Espanha, AliExpress, Banggood, Gearbest, DH Gate, Pc Componentes e muito mais!

Nostalgic Box
Logo
Shopping cart