Deves apresentar a literatura clássica de ficção científica dos anos 80, 90, 2000 e 2010 à nova geração?



Deves apresentar a literatura clássica de ficção científica dos anos 80, 90, 2000 e 2010 à nova geração?

Introdução

Lembra-te de como os romances de ficção científica de Douglas Adams, Philip K. Dick e Ray Bradbury inspiraram a tua imaginação e a tua busca de conhecimento quando eras um jovem leitor? Sentes-te tentado a apresentar as mesmas obras-primas aos jovens de hoje. Afinal, são histórias intemporais de exploração espacial, tecnologia avançada, viagens no tempo e universos paralelos. Um mundo onde as civilizações humana e extraterrestre se fundem. Não achas?

A Idade de Ouro da Ficção Científica (Anos 80 e 90)

Na literatura de ficção científica, os anos 80 e 90 são considerados uma época em que os autores deram vida a personagens fascinantes e teceram histórias que previam audaciosamente tecnologias com décadas de antecedência.

Um clássico intemporal desta época de ouro é Ender’s Game de Orson Scott Card. Publicado originalmente em 1985, conta a história de um jovem rapaz recrutado e treinado pelos militares para combater uma invasão alienígena iminente. De ritmo acelerado e com temas instigantes, o romance abriu um precedente para heróis infantis em romances para adultos.

Canaliza o espírito dos anos 90 com Snow Crash de Neal Stephenson, uma mistura icónica de mitologia antiga, linguística e tecnologia especulativa. Os protagonistas embarcam numa perseguição à crise da interface gráfica mundial, com suficiente mitologia suméria e criptografia informática para satisfazer o nerd que há em todos nós.

A transição: literatura de ficção científica dos anos 2000

Com o início do novo milénio, a par dos crescentes avanços tecnológicos, novas vozes agraciaram a literatura de ficção científica.

Audrey Niffenegger The Time Traveler’s Wife é sobre um homem com uma doença genética que o leva a viajar involuntariamente no tempo, e a sua mulher que tem de lidar com a sua ausência cística. Combina a lógica paradoxal da viagem no tempo com as emoções humanas cruas do amor e da perda. Haverá algo mais adequado para a época em que foi publicado, após a mudança radical que espera os humanos no início de um novo milénio?

A arte da adaptação: literatura de ficção científica dos anos 2010

Fechando as décadas com histórias populares transformadas em sucessos de bilheteria.

No seu romance de estreia The Hunger Games Suzanne Collins imagina uma narrativa desconfortável de crianças sendo forçadas a participar de um reality show de TV de vida ou morte. Uma mistura dos géneros distópico e YA, a série dá o mote para a adaptação moderna da literatura ao guião.

Conclusão: A Ficção Científica Clássica Deve Ser Apresentada à Geração Z e Além?

A literatura clássica de Ficção Científica das últimas décadas não trata apenas de fronteiras finais espantosas, da luta contra alienígenas ameaçadores, de engenhocas e aplicações longe do nosso alcance inventivo, ou da rutura do espaço-tempo. Trata-se de explorar a profundidade da nossa existência, especular sobre os desenvolvimentos, examinar atentamente o caminho da sociedade face a esses desenvolvimentos, ou simplesmente questionar até que ponto somos realmente “humanos”.

As tendências e a tecnologia transformaram a literatura. No entanto, a fome do espírito humano por contos que desafiam os horários e que ultrapassam a divisão incansavelmente percebida entre ficção e realidade não diminuiu. Nesta era rapidamente impregnada de avanços digitais e repleta de preocupações globais com o ambiente, exigências de igualdade de género e luta pela justiça racial, apresentar a Ficção Científica Clássica dos anos 80, 90, 2000 e 2010 à nova geração pertence mais à continuidade do que à nostalgia.

Talvez, essas páginas com contos de autores célebres possam ser a única oportunidade para a geração de hoje e de amanhã parar, refletir, maravilhar-se, sonhar, conceber ou mesmo concretizar ideias que podem moldar o seu futuro!

Subscreve à nossa Newsletter

* indicates required

Intuit Mailchimp







Ficaremos felizes de ouvir a tua opinião

Deixa um Comentário

Nostalgic Box
Logo
Shopping cart